Pesquisar

Clique no seu signo e veja o que os astros revelam pra você


sexta-feira, 10 de dezembro de 2021

Macarani: Homem que caiu em rio é encontrado morto; Entenda o caso

Um fato com final trágico. Na tarde desta sexta-feira, 10, o homem que escorregou e caiu nas águas do Rio Macarani na tarde de ontem em Macarani, foi encontrado sem vida por populares.

O caso
Na madrugada de quinta-feira (09) uma forte chuva atingiu a cidade de Macarani. Duas pontes, uma na cidade e outra que liga Macarani ao distrito de Vila das Graças, não resistiram a força das águas e acabaram desabando. Várias pessoas foram até a ponte do bairro Marjorie Park para verem a situação, e pela manhã quando o rio continuava com uma forte correnteza, um homem identificado por Leandro de Jesus, de 47 anos, conhecido por Léo, passou das limitações colocadas pelas autoridades públicas, onde ao chegar na beirada do que sobrou da ponte, escorregou e foi levado pela correnteza do rio.

As imagens gravadas por pessoas que estavam no local, mostra o momento exato em que Léo cai no rio. Os vídeos que foram compartilhados em redes sociais geraram revolta. Internautas comentaram que pela quantidade de pessoas que estavam no local, poderiam impedir de alguma maneira a tragédia.

Na tarde quinta, informações compartilhadas em redes sociais davam conta que o mesmo teria conseguido se salvar e estava hospitalizado, porém não procedeu. Nesta sexta-feira, após reportagens em canais de TV, pessoas resolveram ir atrás para tentar achar o homem no curso do rio Macarani. E, no final da tarde encontraram o corpo próximo a segunda ponte do ramal que liga o bairro Cidade Jardim a estrada de Nova Brasília.
O corpo será levado ao Departamento de Polícia Técnica de Itapetinga.
Segundo informações, Léo era um homem trabalhador, onde prestava serviços braçais como limpeza de terrenos, jardins e descarregamento de caminhões na cidade. O uso de bebida alcoólica e problemas psicológicos, podem ter sido fatores para que Léo cometesse a atitude de passar na ponte destruída.

O clima é de tristeza e revolta entre a população.

Nenhum comentário: