terça-feira, 6 de novembro de 2018

Após 7 anos, abaixo assinado pede a volta do Tiro de Guerra no município de Macarani

Depois de mais de vinte anos em Macarani, o Exército Brasileiro resolveu em 2011 suspender por um prazo as atividades do TG 06/030, a única unidade de Tiro de Guerra existente em cidade do porte de Macarani em todo o Brasil. 

O Tiro de Guerra em Macarani tinha por função proporcionar a possibilidade de jovens da região de Macarani de servirem o Exército, no período do Serviço Militar Obrigatório. Ao contrário dos Batalhões do Exército, nos Tiros de Guerra, os jovens não permanecem durante todo o dia no serviço militar, mas apenas cerca de duas diárias, quando recebem as instruções básicas e submetem-se a exercícios físicos, sendo dispensados logo em seguida.

Neste ano de 2018, um grupo de apoiadores sociais da ONG Eu Luto Pela Paz que tem como fundador e presidente o mestre em Muay Thai e ex-Paraquedista da Infantaria Militar, Marcelo Nascimento, fizeram um abaixo assinado para ser encaminhado a Câmara de Vereadores do Município para a solicitação junto ao executivo e ao Exército Brasileiro para a volta das atividades do TG-06/030.


O documento pode ser assinado virtualmente (clique aqui), ou nos locais de apoio, Núcleo da ONG EU LUTO PELA PAZ (Praça três de Abril no Marjorie parque), no SINDICATO DOS TRABALHADORES, AGRICULTORES E AGRICULTORAS RURAIS (Praça Clério Correia, Centro).

Para que o abaixado assinado seja protocolado é necessário a quantidade mínima de 5% de assinaturas dos eleitores do município, cerca de 700 assinantes. Até o fechamento desta reportagem, no site do abaixo assinado, já se contabilizava 180 assinaturas.