Clique no seu signo e veja o que os astros revelam pra você



terça-feira, 7 de agosto de 2018

Vacinação contra sarampo e poliomielite começa nesta terça em Macarani


A campanha nacional de vacinação contra poliomielite e sarampo começa nesta segunda-feira (6) e vai até o dia 31 de agosto. Crianças entre 1 e 4 anos podem ser levadas ao posto de saúde para receber vacina, independente se já tomaram o imunizante ou não-com exceção para quem tomou a vacina mais recentemente, nos últimos 30 dias.


Em Macarani a campanha começou nesta terça-feira (07), devido uma falta de energia que prejudicou a estabilização de equipamentos de refrigeração onde armazena as vacinas, onde houve uma preocupação sobre o uso das dosagens, liberado após um contato com o Diretório Regional de Saúde (DIRES) e Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB) para o começo da campanha. Segundo a coordenadora de vigilância epidemiológica de Macarani Vera Lúcia, a população deve procurar os postos de saúde para a vacinação, e informou que após 10 dias do começo da campanha no município, começará a vacinação na zona rural de Macarani.


O Ministério da Saúde espera vacinar 11,2 milhões de crianças e a meta é chegar a pelo menos 95% delas. A campanha nacional vai até o final do mês e trata-se de uma campanha de mobilização, já que a vacina contra o sarampo fica disponível o ano inteiro nos postos de saúde. No dia 18 de agosto, acontecerá o Dia D de mobilização, quando os mais de 36 mil postos de vacinação no país estarão abertos ofertando as vacinas.

Esquema vacinal

O Ministério da Saúde oferta gratuitamente para todos os estados do país as vacinas tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e a tetra viral (sarampo, rubéola, caxumba e varicela). As vacinas fazem parte do Calendário Nacional de Vacinação e estão disponíveis ao longo de todo o ano nos postos de saúde em todo o país.

É importante ressaltar que não há necessidade de corrida aos postos de saúde, já que as ações para controle do surto da doença, como bloqueio vacinal, nas localidades acometidas por casos de sarampo estão sendo realizadas com rigor. Neste momento, o Ministério da Saúde está intensificando a vacinação das crianças, público mais suscetível à doença. Entretanto, adultos não vacinados devem receber a vacina prioritariamente em locais onde há surto da doença, como em Roraima e Manaus (AM). Pessoas que já completaram o esquema, conforme preconizado para sua faixa etária, não precisam novamente receber a vacina.

Crianças:
  • 12 meses a menores de 5 anos de idade: uma dose aos 12 meses (tríplice viral) e outra aos 15 meses de idade (tetra viral).
  • 5 anos a 9 anos de idade que perderam a oportunidade de serem vacinadas anteriormente: duas doses da vacina tríplice com intervalo de 30 dias entre as doses.

Nenhum comentário: