Clique no seu signo e veja o que os astros revelam pra você



quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

BICHO PEGOU EM ITARANTIM: PREFEITO DESMASCARA PRESIDENTE DO SINDICATO DA APLB EM REUNIÃO COM PROFESSORES DO MUNICÍPIO

O prefeito Paulo Construção juntamente com o Secretário de Administração Jadiel Matos, convocou ontem, uma reunião com os professores acusados pela APLB-Sindicato, de desvio de função, que tipifica funcionários que passou num concurso para serviços gerais e hoje exercem cargos de professores, e agora vão ter que voltar para sua função de origem para o qual foram aprovados em seus referidos concursos por força de ação movida na Justiça pela presidenta da APLB, a sra. Iara Cajá, que obriga o prefeito a tomar essa difícil decisão, o quê irá prejudicar enormemente esses funcionários que ao longo de seus 14 anos, embora não fossem aprovados para tal cargo, mas se esforçaram, estudaram e se qualificaram para estarem em uma sala de aula e agora está tendo que regredir para faxineira, copeira, cozinheira, etc.
Isso tudo por conta da irresponsabilidade da presidente do Sindicato APLB, (a qual estava presente na reunião a convite do próprio prefeito), quando fez uma denúncia junto ao Ministério Público acusando o governo de Paulo Construção por acobertar essas irregularidades consideradas pelo sindicato como desvio de função desses servidores públicos. Foi quando os professores, aproveitando a sua presença na reunião, a questionaram sobre tais fatos e foi aí que começou o pinga-fogo entre a presidente e os professores.

Pergunta
: Porque a presidente do sindicato APLB Iara Cajá só agora veio denunciar essa irregularidade?

Resposta: Porque o sindicato só conseguiu contratar um advogado agora, respondeu a presidenta.

Uma professora que também é advogada indagou: mas, para fazer uma denúncia não precisa de advogado... qualquer pessoa tem poderes para denunciar.

Pergunta: Porque a presidente do sindicato APLB Iara Cajá defendeu e continua defendendo as irregularidades da ex gestão no caso dos professores que se dizem terem direito às 40 horas, sendo que tem professores, que nem sequer estavam em sala de aula, e pior: outros agraciados pela bondade do ex-gestor com o dinheiro público não tinham nem sequer tempo probatório para ter esse direito às 40 horas? Como se explica isso?

A presidenta não respondeu

Pergunta: Porque a presidente do sindicato APLB Iara Cajá vendeu várias de suas licenças prêmio na época em que sua amiga era Secretária de Educação, enquanto outros professores não conseguiram nem gozar dessas licenças e a representante do sindicato conseguiu essa proeza de vender ?

Iara Cajá respondeu - Isso é mentira!

Diante da resposta o Secretário de Administração Jadiel Matos imediatamente entregou em mãos da representante do sindicato a documentação comprovando que varias licenças-premios da mesma tinham sido vendidas.

Pergunta: Porque a presidente da APLB Iara Cajá não fez a denúncia de desvio de função nas outras ex gestões?

O público presente ficou sem ouvir a resposta da presidente

O prefeito Paulo Construção juntamente com o secretário de administração Jadiel Matos, solicitou encarecidamente da presidente do sindicato APLB, que marcasse uma reunião urgente com todos os professores para que os dois, prefeitura e sindicato prestassem aos professores e à população em geral os devidos esclarecimentos sobre fatos que aconteceram na atual e na gestão do ex-prefeito Dr. Paulo Fernandes na Secretaria de Educação do município.
Por Zé Mário Martins - O HBomba - Alerta Itarantim

Nenhum comentário: