Clique no seu signo e veja o que os astros revelam pra você





terça-feira, 15 de agosto de 2017

Prefeito de Macarani corta o próprio salário, de secretários e comissionados

O Prefeito de Macarani, reduziu o próprio salário em 18% para conter despesas e não ultrapassar a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Miller Ferraz (PMDB), na última segunda-feira, convocou uma reunião com toda a sua equipe e comunicou a sua decisão. Além de cortar 18% em seu próprio salário, ele determinou a redução do mesmo percentual para os salários do vice-prefeito, secretários e comissionados.



Segundo assessoria, o prefeito justificou a medida como saneadora para a contenção de despesas do Poder Executivo de Macarani e necessária, para conter as despesas com pessoal na tentativa de equilibrar as contas do município. A medida inclusive já valerá para este mês de agosto.

A medida deve vigorar por um período de até 04 meses. Diante da crise a administração municipal tomou a decisão de cortar alguns benefícios dos servidores efetivos como: diárias, horas extras, gratificações e outros. "Não seria justo só os funcionários efetivos pagarem o preço da crise, mas para que fosse feito justiça, o prefeito, vice-prefeito, secretários e demais comissionados contribuíssem para o ajuste necessário neste momento”, disse o prefeito.

Ainda segundo o prefeito, se não houver uma recuperação da receita em 04 meses, essa medida poderá ser prorrogada.
"Encaro essa decisão com pesar, com tristeza. Infelizmente a necessidade obrigou a tomar essa medida. A gente teve uma redução de receitas muito drásticas e com isso a folha foi lá em cima, pra resolver isso tomamos essa medida, até as coisas melhorem. Espero que o seja um período temporário e bem curto, para que a gente esteja revendo as coisas de maneira contrária”, disse o prefeito Miller Ferraz

Tendo em vista a redução nos salários, confiante o gestor fala que a expectativa é que os servidores continuem empenhados em seus trabalhos.

“Do mesmo jeito que a decisão pra mim foi muito difícil, pra eles não foi fácil também, mas é uma coisa que já vínhamos conversando e falávamos que infelizmente teríamos que tomar essa medida. Foi necessário para que não tivéssemos problema com prestações de contas. Com a equipe que a gente tem não teremos problema. Espero o mesmo empenho e vamos todos juntos torcer para que isso seja passageiro”. Olhando pra frente vamos continuar lutando para alcançar melhorias, sem baixar a cabeça e contando com o apoio e compreensão da população que é o principal alvo do nosso esforço.", finalizou Miller Ferraz.

Ascom PMM

Nenhum comentário: