Clique no seu signo e veja o que os astros revelam pra você





quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Polícia apreende celulares, facas e drogas em presídio onde 5 fugiram

Revistas ocorreram no município de Jequié, no sudoeste do estado. Cordas, chips, pen drives e carregadores também foram encontrados.

Celas do Conjunto Penal de Jequié, na Bahia, foram revistadas (Foto: Divulgação/SSP)
A polícia apreendeu celulares, facas, drogas e cordas improvisadas durante uma revista no Conjunto Penal de Jequié, no sudoeste da Bahia, na manhã desta terça-feira (17), dois dias após 5 detentos fugirem do local utilizando lençóis para pular o muro.

De acordo com as informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o material estava escondido dentro das celas dos presídios I e II, da penitenciária I e na área de presos em regime semiaberto II.

Ao todo, foram encontrados 103 aparelhos celulares, 20 facas de cabo branco, 35 punhais artesanais, algumas cordas, 94 pacotes e 31 trouxinhas de cocaína, 2 pacotes de maconha, 76 carregadores, 13 baterias, 20 chips de telefonia móvel, 5 cartões de memória e 6 pen drives.


Atualmente, o complexo abriga cerca de mil internos. Os presos que fugiram no domingo (15) ainda não foram recapturados. São eles: João Paulo de Oliveira Lagos, Josemar Oliveira de Jesus, Matheus de Jesus Pinheiro, Moabe Souza Guerra, e Vagno Ferreira Santos.

Na próxima semana, conforme informou a secretaria, os outros quatros módulos do presídio deverão ser vistoriados.

Complexo Prisional de Salvador
Outros 15 celulares, 7 facas e 5 rolos de maconha foram apreendidos nesta terça-feira (17), durante uma revista, no Complexo Prisional de Salvador. O material também estava escondido nas celas.

Operação em Brumado
Na carceragem da delegacia de Brumado, no sudoeste do estado, a polícia apreendeu celulares e drogas durante três operações realizadas na segunda (16) e terça-feira (17).

De acordo com a polícia, foram encontrados 17 celulares, 13 carregadores de celular, uma alavanca, 12 metros de fio, maconha e cocaína. A polícia suspeita que todo o material chegou às celas após ser jogado por cima do muro da delegacia. A carceragem tem quatro celas, com capacidade para 4 presos cada. Atualmente 25 pessoas estão detidas no local.
Do G1 BA

Nenhum comentário: