Clique no seu signo e veja o que os astros revelam pra você





sábado, 3 de dezembro de 2016

CIPPA apreende 1.400 kg de carne no município de Itapetinga

O abate clandestino traz inúmeros prejuízos à saúde. As condições de higiene não são respeitadas. Os produtos são transportados sem nenhum cuidado, sem falar nos danos provocados ao meio ambiente.

Quatro vacas que foram abatidas clandestinamente no município de Itapetinga, no Sudoeste da Bahia, e estavam sendo transportadas em uma caminhonete, foram apreendidas pela Polícia Militar do Meio Ambiente.

Abordagem policial aconteceu na tarde dessa sexta-feira, dia 2 de dezembro, na fazenda Roda d’água, depois que os policiais suspeitaram do veículo deixando a propriedade rural. Os policiais da CIPPA (Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental) teriam ido ao local para verificar uma denúncia e acabaram se deparando com o flagrante de abate clandestino, seguido de transporte ilegal de carne bovina.

A carga apreendida, o veículo e mais duas pessoas foram levadas para o Complexo Policial de Itapetinga. Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB) foi acionada para providenciar a incineração da carne apreendida. Ao todo, 1.400 kg de carne bovina foram destruídos no lixão da cidade, por volta das 9 horas da noite do mesmo dia.

Os dois homens detidos são açougueiros no município de Itororó, onde a carne seria comercializada. Eles vão responder em liberdade. A pessoa responsável pela fazenda será intimada a comparecer na delegacia para prestar esclarecimentos.

Do Itapetinga Repórter

Nenhum comentário: