segunda-feira, 16 de julho de 2018

Primeiro casamento Gay é registrado em Macarani

Reportagem e Redação: Guga Amara e Kelly Santos
Sendo o primeiro casal a oficializar a união homoafetiva de Macarani, Jonilton acredita que vai abrir portas a outros casais 
Jonilton e Alcino receberam bolo surpresa em comemoração a união
Em maio de 2013 o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), publicou a resolução 175, que passou a garantir aos casais homoafetivos o direito de se casarem no civil. No entanto os casais do mesmo sexo ainda encontram dificuldades para oficializarem a união, resistência dos familiares e preconceito da sociedade. Em Macarani, o casal Jonilton Alves, e Alcino Carlos, vão entrar para a história da cidade por serem os primeiros a oficializarem a união homoafetiva no município, na tarde de sexta-feira, 13 de julho, no cartório civil na Praça Rodrigo Fernandes. Em uma cerimônia marcada por muita emoção, eles disseram sim ao amor. 

A equipe do A Hora do Povo entrou em contato com Jonilton, onde em um bate papo muito legal, ele nos falou sobre a história do casal e a felicidade do seu casamento com Alcino em Macarani. 


Jonilton disse que o momento do casamento foi como o esperado, com presença de amigos e familiares, o casal registrou a união, após 27 anos de relacionamento. A união já era um propósito do casal que não se preocuparam com as opiniões que surgissem. “Em relação às opiniões que poderiam surgir, sinceramente não havia preocupação, pois tínhamos certeza do que queríamos e do respeito já demonstrado por todos.” 

Atualmente, Alcino e Jonilton residem na cidade de Mogi das Cruzes na grande São Paulo, mas escolheram a cidade mais fácil de ser amada para ser o palco do registro desse amor. 

Jonilton deixou um recado aos casais homosexuais que pensam em se casar, destacando que o amor, supri todos os obstáculos. “Quando o casal age realmente em conjunto, com base no sentimento sincero, o caminho tende a ficar mais fácil, pois isso faz com que a estrutura do casal não seja abalada com facilidade.” 

Ao casal, a equipe do A Hora do Povo deseja felicidades e agradece por ter aceito o convite em está nesse bate papo.
Leia a entrevista na íntegra: 

Como vocês se conheceram? 
“Nós conhecemos numa danceteria em São Paulo, 3 foi bem engraçado porque ele estava ao meu lado a noite inteira de olho em mim, e só o percebi a pouco instantes de sair do ambiente. Foi tudo muito mágico! Isso a 27 anos” 

O momento do casamento de vocês, foi como o esperado? 
“Sim, foi suave e intenso da forma como havíamos imaginado. Com a participação de todos que sempre nos apoiaram, amigos e principalmente família.” 

Vocês já estavam decididos a se casar! Passou algum momento de pensar no que as outras pessoas pensariam sobre essa união? 
“O casamento sempre foi nosso objetivo, uma vez que tínhamos a certeza de tudo que sentimos um pelo outro. Em relação às opiniões que poderiam surgir, sinceramente não havia preocupação, pois tínhamos certeza do que queríamos e do respeito já demonstrado por todos.” 

Porque escolheram Macarani para ser o local do registro desse amor? 
“Porquê entre as duas famílias, a minha e a de Alcino, a de Macarani sempre esteve mais presente em nossa caminhada. Embora a família de Alcino também apoiar, a cidade de Mogi é bem maior e as pessoas moram distantes uma das outras, o que torna as reuniões mais difíceis.” 

Vocês pensam em ter filhos? Montar uma família? E como explicaria pra eles(as), quem eles têm dois pais? 
“Bem, eu já tenho uma filha e um filho adultos, enquanto Alcino não. Compor uma família é de muita responsabilidade e a situação atual de nosso país não nos estimula. Se adotássemos filhos, estes seriam criados desde o princípio dentro da verdade, respeito e transparência.” 

Qual mensagem você deixa aos casais homossexuais que pensam em se casar? 
“Aos casais, é simples, que sejam verdadeiros, sinceros que não desistam de seus propósitos. Quando o casal age realmente em conjunto, com base no sentimento sincero, o caminho tende a ficar mais fácil, pois isso faz com que a estrutura do casal não seja abalada com facilidade.” 

E quais os planos do casal daqui pra frente? 
“Nossos planos é continuar levando nossa vida de apoio incondicional que temos um para outro, aproveitando o que de melhor a vida tem a nos oferecer, ao lado de todos que fazem parte de nossa história.”